Sem calcinha, cantora Ciara abusa das fendas e quase mostra de mais

On:

Ciara aposta em look ousado para o Grammy (Foto: Getty Images)Ciara aposta em look ousado para o Grammy (Foto: Getty Images)

Ciara não economizou na sensualidade para cruzar o red carpet do Grammy 2016. Com um look estilo J.Lo, a cantora apareceu ao evento com um modelito marcado pelas fendas poderosas, que dispensava o uso de calcinhas. Para completar o mood sexy, o modelito ainda chamou atenção pelo decote lateral, mais conhecido como side boob.Ciara no Grammy 2016 (Foto: Getty Images)

Ciara no Grammy 2016 (Foto: Getty Images)

https://cse.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.mx/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.mx/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

Barbie ganha novos tipos de corpo, cabelo e tons de pele

Barbie surge com novas silhuetas, cabelos e tons de pele (Foto: Divulgação)Barbie surge com novas silhuetas, cabelos e tons de pele (Foto: Divulgação)

Ela nasceu em 1959 e foi responsável por ditar alguns padrões de beleza que têm sido bastante questionados. Não à toa, após 57 anos, a Barbie surge repaginada e com o intuito de quebrar estereótipos e representar uma gama maior de consumidoras. O anúncio foi feito recentemente pela Mattel, que acaba de expandir a linha Fashionistas da boneca mais vendida do mundo.

A nova coleção traz três novas versões de corpo – Tall (alta), Curvy (curvilínea) e Petite (mignon) -, além da variedade de sete tons de pele, 22 cores de olhos e 24 penteados e texturas de cabelo. O lançamento é sem dúvida uma quebra de estereótipo importante.

“A Barbie é um reflexo do tempo. E é por isso que estamos animados com o lançamento das novas bonecas”, afirma Evelyn Mazzocco, vice-presidente sênior e gerente geral global de Barbie. “A variedade permitirá que meninas encontrem uma versão que fale diretamente com elas. Nós temos uma responsabilidade com as meninas e com os pais de refletir um amplo olhar sobre a beleza.”

A mudança conversa diretamente com os novos ideais de beleza. Nos últimos tempos, corpos curvilíneos como os de Kim Kardashian, Beyoncé e Christina Hendricks se tornaram icônicos. Além disso, líderes feministas têm promovido cada vez mais o movimento de aceitação do corpo. Inserido neste cenário está uma nova geração de mães que buscam brinquedos cada vez mais “empoderadores” às filhas. “As mães millenium ainda são uma pequena parte da nossa base de consumidores, mas reconhecemos que elas são o futuro”, admitiu Evelyn em entrevista à revista Time.

https://www.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.au/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.au/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

Jornalista revela como seu cabelo ficou mais bonito sem produtos industrializados

A jornalista Letícia González usa produtos de cozinha para limpar os fios (Foto: Arquivo pessoal)A jornalista Letícia González usa produtos de cozinha para limpar os fios (Foto: Arquivo pessoal)

Em agosto passado decidi lavar meu cabelo sem shampoo. Por quê? Bem, ele não estava bonito como já havia sido e a ideia de ter menos derivados de petróleo no corpo não soava má. Além disso, a avalanche de lançamentos de shampoo, pré-shampoo e pós-shampoo a que assistia em primeira mão me atordoava. Eu lembrava do bom e velho Aquamarine da infância e me perguntava como havíamos chegado a essa complexidade de demanda.

Então, quando começaram a pipocar relatos de blogueiras anglo-saxãs usando apenas bicarbonato de sódio e vinagre, sem o problema de o cabelo “acostumar”, uma promessa de simplicidade se cristalizou. Depois de testar tanta coisa da indústria cosmética, provar algo da alimentícia parecia banal. Durante 45 dias, segui um passo a passo bolado pela inglesa Lucy Aitken Read, PhD em absolutamente nada, mas dedicada a bolar métodos caseiros de cuidados pessoais.

A ideia de Lucy é que você precisa passar por uma transição, às vezes pegajosa, para limpar a cabeça de anos de acúmulo de produtos químicos. Aí, se tudo der certo – ela e a grande massa de blogueiras “no pooers” (como se chamam aquelas que aposentaram a dupla shampoo e condicionador) garante que dá – seu couro cabeludo toma o comando e passa a regular a oleosidade dos fios, que ficam leves, soltos e muito mais brilhantes que antes. 

O PASSO A PASSO
Para começar, o bicarbonato. Você vai para debaixo do chuveiro, molha bastante o cabelo e, ao invés do shampoo, aplica sobre a cabeça uma colher de bicarbonato de sódio diluído em um copinho d’água. Não vai fazer espuma. Depois de uns minutos, você enxágua. O pó vai embora com a água e os fios ficam com aquela textura de recém-lavados, quase ásperos.

Então vem o vinagre de maçã. Você dilui um pouquinho em água (umas duas colheres para o mesmo copo d’água) e despeja do comprimento até as pontas. Nessa hora, parece mágica, mas é só química de pH: as escamas dos fios se fecham e a mão desliza pelas madeixas como num comercial de TV. Quando o cabelo seca, o cheiro de vinagre desaparece por completo. É só isso.Letícia passa no cabelo o duo bicarbonato e vinagre uma vez por semana (Foto: Arquivo pessoal)Letícia passa no cabelo o duo bicarbonato e vinagre uma vez por semana (Foto: Arquivo pessoal)

O período de transição começa com essa rotina básica e inclui muitas outras opções de ingredientes, porque você pode descobrir numa erva ayurvédica ou no limão seu “shampoo” ideal. Da lista de Lucy, usei purê de maçã, ovo cru (com água fria, sob risco de fazer um omelete de cabelo) e argila, mas os resultados foram péssimos. Água pura também é uma alternativa listada, mas na minha experiência ela só deixa o cabelo mais oleoso.

Ao longo de seis semanas, fiz vários testes e obedeci a intervalos até alcançar sete dias sem lavar– porque, em tese, o couro cabeludo precisa de tempo para trabalhar. Usei lenços e tranças quando a coisa estava feia e me surpreendi com elogios nos dias bons. Aos poucos, o bicarbonato foi melhorando a textura do cabelo, devolvendo-lhe volume, e o vinagre, resgatando o brilho perdido.

COMO É HOJE
Quatro meses depois, continuo usando o duo bicarbonato e vinagre uma vez por semana — antes, lavava todos os dias. De vez em quando, completo com chá preto para manter o tom escuro, pois a dupla pode ser levemente clareadora. Também abrasileirei uma receita de shampoo seco de Lucy mesclando polvilho doce, cacau em pó e umas poucas gotas de óleo essencial de lavanda. Aplico com um pincel de blush e considero, de longe, o melhor que já usei na vida: dá um volume incrível e tira toda a oleosidade da raiz sem pesar no fim do dia. Meu cabelo segue melhorando. E a promessa de simplicidade se cumpriu.

https://maps.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

Uma coleção de óculos digna das musas do cinema

Ah, o verão… o climinha de férias reina absoluto. E isso chama pra uma deliciosa sessão da tarde, né? Mas dá pra ir além: que tal incluir uma pitadinha fashion e, depois de rever alguns dos nossos filmes favoritos, se inspirar nas musas da telona pra criar produções com os óculos de sol da GUESS Eyewear? Escolhemos 5 modelos superfofos que combinam perfeitamente com o mood cinéfilo. Voilá:

promo-glamour-guess-cinema-1 (Foto: divulgção)

O GU 7412 da GUESS Eyewear tem forte inspiração retrô. Holly, eterna bonequinha de luxo, aprovaria com louvor – e misturaria com pérolas, claro. O logo 4G, estampado no interior do modelo, é lindo! (Foto: divulgação)

O figurino de Bonequinha de Luxo,assinado por Givenchy, é tão arrebatador quanto a história de Holly em Nova York. O papel, que foi recusado por Marilyn Monroe, tornou Audrey Hepburn uma das figuras mais icônicas da moda. Confessa: quem não quer essa elegância toda? o/  

promo-glamour-guess-cinema-2 (Foto: divulgação)

A armação redondinha deixou Vivian (Julia Roberts) ainda mais irresistível, né Edward (Richard Gere)? Na vida real, o modelo GU 7387 da GUESS Eyewear tem design fluido e hastes sofisticadas (Foto: divulgação)

De beleza, o mundo do cinema tá cheio. Mas o que falar de Uma Linda Mulher, que mostra Julia Roberts no papel de uma garota de programa que precisa acompanhar um magnata por uma semana? Musa and camaleoa pra gente rever sempre <3  

promo-glamour-guess-cinema-3 (Foto: divulgação)

Armação levinha e divertida: nada mais 90’s (e, pelo que se viu nas passarelas, atualíssimo!). O modelo gatinho GU 7398, da GUESS Eyewear faria sucesso no Beverly Hills High <3 (Foto: divulgação)

E já que estamos falando de anos 90, impossível esquecer do closet ultrafashionista de Cher, em As Patricinhas de Beverly Hills: as meias over the knee que fizeram história nas pernas de Alicia Silverstone podem até ter caído no esquecimento, mas o jeitinho fun de se vestir não poderia estar mais em alta. Armações estampadas e muita cor, djá!   

promo-glamour-guess-cinema-4 (Foto: divulgação)

Rosa, a verdadeira paixão de Elle Woods. Aqui na Glamour a gente também tem uma queda (nada discreta) pela cor do modelo GU 7412, de GUESS Eyewear (Foto: divulgação)

O cuidado com o figurino não impediu Elle Woods de arrasar em Harvard. Salto alto, loirice e um closet de babar fizeram da protagonista de Legalmente Loira, interpretada por Reese Whiterspoon, uma prova cabal (olha o jurisdiquês aí, gente!) de que o pink power pode fazer história também na faculdade de direito. 

promo-glamour-guess-cinema-5 (Foto: divulgação)

Lentes degradê e armação aviador são perfeitos para Fox, que só ficaria mais linda com as hastes decoradas do modelo GU 7404, de GUESS Eyewear. A armação bold dá um efeito de joia! (Foto: divulgação)

As fãs de filmes ação devem saber o roteiro de O Procurado de cor e salteado – bem como o estilo dos óculos usados pela gatíssima Fox, personagem de Angelina Jolie. Pra quem ainda não viu, uma dica apenas: é de perder o fôlego! 

As pipocas já estão estourando no microondas? Então boa sessão e fashion show cinematográfico <3 

https://images.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.tw/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.com.tw/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

Vai para Londres? Confira dicas essenciais para ter uma boa viagem

O Big Ben é um dos principais pontos turísticos da cidade (Foto: Thinkstock)O Big Ben é um dos principais pontos turísticos da cidade (Foto: Thinkstock)

Comer em um pub inglês, experimentar o tipico chá da tarde, dar uma volta na famosa roda gigante London Eye…Esses são só alguns dos pesseios possíveis de se fazer em Londres. Se você está de viagem marcada para a capital inglesa ou está na cidade para a semana de moda, que acontece até o dia 22, precisa checar algumas dicas valiosas que turistas deram no Trip Advisor.

– Experimente o autêntico chá da tarde londrino. Alguns famosos são o do hotel “The Berkeley” que, além do chá, oferece docinhos fashionistas, e o do hotel “The Ritz”.

– Coma em um pub típico inglês. Alimentos e bebidas são pedidos e pagos no bar e posteriormente levados à sua mesa por um garçom. Cada mesa tem um número, lembre-se do seu quando pedir a sua refeição.

– Conheça a cozinha indiana quando estiver em Londres. A área mais conhecida é chamada de Brick Lane, no Leste da cidade, mas você também pode encontrar excelentes opções em outros bairros como Goodge Street ou Hounslow.

– Não siga os horários brasileiros para as refeições: se você tentar jantar fora às 22h, correrá um grande risco de ir dormir sem se alimentar, já que o fuso deles é de 4h a mais.

Não se atrase. Os ingleses são muito pontuais e não vão gostar se você se atrasar para excursões ou não cumprir os horários de reservas de restaurantes.

Compre online seus bilhetes de entrada para museus e pontos turísticos. Isso vai lhe poupar tempo e, às vezes, dinheiro. Você também pode comprar o London Pass, que dá acesso a muitas atrações com descontos.

Não improvise seu plano de viagem. Há muitos lugares para visitar e ver em Londres, e, embora a melhor maneira de conhecer a cidade seja a pé, se você quiser aproveitar o máximo possível, vai precisar definir as suas prioridades. Alguns pontos turísticos são muito distantes um do outro.

A London Eye é uma das rodas-gigantes mais famosas do mundo (Foto: Thinkstock)

A London Eye é uma das rodas-gigantes mais famosas do mundo (Foto: Thinkstock)

Use metrô para se deslocar na cidade, mesmo do aeroporto para o centro. Fique do lado direito das escadas e não bloqueie todo o espaço para que as pessoas possam passar pelo lado esquerdo, especialmente em horários de pico.

– Não tenha medo, se você se perder, peça ajuda. Os britânicos são muito educados e sempre estarão à disposição para ajudá-lo, apenas agradeça.

– Diga sempre “obrigado” e “por favor”. Os britânicos são muito educados e respeitosos, e você deve tratá-los da mesma forma. Respeite as regras de conduta e nunca fure filas, seja no metrô, esperando para comprar um ingressos ou em um supermercado.

– Leve sempre guarda-chuva e óculos de sol. O tempo pode ser bastante imprevisível e dias ensolarados podem se tornar chuvosos, dependendo da temporada.

Carregue trocados no bolso. Alguns banheiros públicos cobram uma pequena taxa (por exemplo, em estações de trem).

– Não atravesse a rua sem olhar para os dois lados. Nas ruas você encontrará pinturas que sinalizam se você deve olhar para a direita ou para a esquerda, mas muitas vezes é mais fácil olhar para ambos os lados só para ter certeza que é seguro atravessar. Melhor prevenir do que remediar!

– Não faça o sinal de paz e amor com a sua mão. Lembre-se de que alguns gestos são diferentes no Reino Unido e esse sinal  é equivalente a levantar o dedo do meio, um gesto rude.

– Não faça comentários ofensivos sobre a Família Real, eles são muito queridos pelos ingleses.

– Leve um adaptador porque a maioria das tomadas são de três pinos. Alguns hotéis oferecem adaptadores emprestados, cheque antes.

https://cse.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.id/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.id/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

Volume sofisticado: uma seleção de peças para acertar na escolha

Desfile Marni / Resort (Foto: Imaxtree/ Divulgaçao)Desfile Marni / Resort (Foto: Imaxtree/ Divulgaçao)

Deixe de lado os babados delicados e aposte de vez em volumes estratégicos, como mangas bufantes, modelagens amplas e simetrias fluídas. Para garantir a sofisticação, invista no mix de tons vibrantes e sóbrios, como vermelho e preto.
Na finalização, opte por acessórios metalizados, que deixam o resultado luxuoso.

Veja a seguir a nossa seleção de itens que vão fazer a diferença no seu armário.Desfile Rosie Assoulin / Resort 2016 (Foto: Imaxtree/ Divulgaçao)Desfile Rosie Assoulin / Resort 2016 (Foto: Imaxtree/ Divulgaçao)

1. Óculos de sol, Valentino para Marchon, R$ 1.215

2. Body, Tigresse, R$ 390

3. Ear cuff, H. Stern, preço sob consulta

4. Sandália de couro, CH Carolina Herrera, R$ 1.430

5. Blusa de seda Bo.Bô, R$ 898

6. Macacão de crepe Olympiah, R$ 704

7. Bolsa de couro Louis Vuitton, R$ 13.000

8. Sandália de madeira e paetês Chanel, R$ 5.330

https://www.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.ca/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.ca/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

Conheça o penteado que tem conquistado famosas e veja passo passo

A modelo Hailey Baldwin usou a trança em São Francisco, no dia do Super Bowl (Foto: Reprodução/Instagram)A modelo Hailey Baldwin usou a trança em São Francisco, no dia do Super Bowl (Foto: Reprodução/Instagram)

Se você acompanha as celebridades nas redes sociais, com certeza já se deparou com alguma delas usando a trança boxeadora do momento. As irmãs Kardashian, Hailey Baldwin, Katy Perry e Sabrina Sato são só algumas das famosas que já desfilaram o penteado, frequentemente usado pelas lutadoras de boxe.

Em meio a muitas curtidas e compartilhamentos o uso do penteado também levantou polêmica referente à apropriação cultural – quando alguns elementos específicos de uma determinada cultura são adotados por um grupo cultural diferente. Para saber mais sobre a origem das tranças, que têm fortes referências africanas, conversamos com a professora do Núcleo de Cultura e Extensão da FAAP, Ana Carlota Regis Vita e com a pesquisadora e autora do “Livro do Cabelo”, Leusa Araújo. Também pedimos para a cabeleireira Clésia Novaes, do Studio W Campinas, nos ensinar um passo a passo do penteado. Veja como fazer o look na galeria abaixo, mas antes saiba mais sobre a sua origem.

Rita Ora, Kylie Jenner, Katy Perry e Selena Gomez (Foto: Getty Images/Reprodução Instagram)

Rita Ora, Kylie Jenner, Katy Perry e Selena Gomez (Foto: Getty Images/Reprodução Instagram)

HISTÓRIA
Estudos apontam que as tranças surgiram na África, 3500 anos antes de Cristo. O penteado era usado para diferenciar tribos, idade e classe social. Segundo a autora do “Livro do Cabelo”, até hoje elas têm muita presença em países africanos, como Somália, Madagascar, Angola, Nigéria e Senegal. “A África é onde tem a maior riqueza. As mulheres usavam uma trança diferente para cada passagem de sua vida, como quando estavam solteiras ou casadas, entre outras. Elas também costumavam  prender o cabelo, inicialmente, para simbolizar uma contenção sexual. Solto remetia à sedução”, explica Leusa.

Na Europa, o penteado também tem registros antigos. “As mulheres germânicas e vikings, por exemplo, usavam tranças por terem cabelos muito compridos e até chegavam a fazer penteados. O mesmo acontecia na Áustria e Hungria. Elas costumavam usar tranças em volta da cabeça. Era prático”, conta, Ana Carlota.

APROPRIAÇÃO CULTURAL?
Dos primeiros usos até os dias de hoje o penteado ganhou diferentes versões e significados. Para Ana Carlota, como a trança está presente em diversos momentos da história, é difícil analisar o uso das tranças boxeadoras como apropriação cultural. “Se formos pensar assim, muitos movimentos poderiam levantar a questão”, diz Ana Carolina. Para Leusa, é complicado comparar as sociedades antigas com as atuais. “Quando um penteado tradicional vem para a moda, ele nunca é o mesmo. É impossível comparar clãs com indivíduos. Não dá para trazer a mesma coisa, porque as sociedades são diferentes”, explicou a autora.

https://maps.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

Riccardo Tisci: os desfiles mais marcantes do estilista na Givenchy

On:

Riccardo Tisci (Foto: Divulgação)Riccardo Tisci (Foto: Divulgação)

2018 vai ser marcante para Riccardo Tisci: um ano após deixar a direção-criativa da Givenchy, que comandou por 12 anos, o italiano vai apresentar sua primeira coleção para a Burberry, onde promete uma verdadeira revolução, mudando o calendário de entregas e sistema de lançamento de coleções (seguindo o modelo de drops adotado por marcas do streetwear como a Supreme).

Revoluções não são novidade para Riccardo, que, na Givenchy, trouxe sua linguagem tão contemporânea para a casa, conquistando, com sua estética de forte veia gótica, famosas como Beyoncé, Rihanna, Cate Blanchett, Florence Welch e Rooney Mara – que viu nas coleções de Tisci para a maison francesa a ferramenta perfeita para comunicar sua nova imagem nos red carpets após ser escalada como protagonista de Os Homens que Odiavam as Mulheres.

No mês em que Riccardo Tisci comemora seus 44 anos, reunimos algumas de suas coleções mais icônicas, que lhe renderam um squad de famosas de alto calibre – e que se reuniu ao italiano na capa de nossa edição de outubro de 2015, para comemorar seus 10 anos de Givenchy. 

Riccardo Tisci na capa da Vogue de outubro de 2015 (Foto: Arquivo Vogue)Riccardo Tisci na capa da Vogue de outubro de 2015 (Foto: Arquivo Vogue)

A coleção de inverno 2008 é tida por muitos críticos como a primeira em que Riccardo Tisci se sentiu mais livre para misturar os códigos da casa com sua veia bem moderna, com um pé no gótico. Os looks que abriram o desfile, cobertos de correntes douradas, viraram hit instantâneo.

Givenchy - inverno 2008 (Foto: Getty Images)Givenchy – inverno 2008 (Foto: Getty Images)

Já a coleção de verão 2010 veio calcada numa imagem rock n’roll, firmando o blazer listrado p&b – inspirado em David Bowie – como a peça queridinha da estação nos looks de street style.

Givenchy - verão 2010 (Foto: Getty Images)Givenchy – verão 2010 (Foto: Getty Images)

Misturando a alfaiataria masculina com longos ultrafemininos, a coleção de alta-costura de verão 2010 apresentou um dos vestidos mais icônicos da história do Oscar: o longo de saia em degradê roxo usado por Zoe Saldana na premiação daquele ano.

Givenchy alta-costura - verão 2010 (Foto: Getty Images)Givenchy alta-costura – verão 2010 (Foto: Getty Images)

Firmando-se como um dos nomes mais fortes da alta-costura de sua geração, na coleção de inverno 2010 de alta-costura da Givenchy Riccardo Tisci firmou os naked dresses ultratrabalhados como tendência absoluta (e duradoura!) dos red carpets. Sua maior entusiasta? Beyoncé, que usou looks do gênero assinados por Tisci em diversas ocasiões, como os galas do Met.

Givenchy inverno 2010 - alta-costura (Foto: Divulgação)Givenchy inverno 2010 – alta-costura (Foto: Divulgação)

Inspirado pelo dançarino japonês Kazuo Ohno, Riccardo Tisci apresentou em seu verão 2011 de alta-costura uma coleção etérea, que passava longe de suas referências mais soturnas e góticas. O resultado foi uma de suas coleções mais marcantes e que, mais uma vez, foi parar no tapete vermelho do Oscar, com Cate Blanchett.

Givenchy - verão 2011 alta-costura (Foto: Divulgação)Givenchy – verão 2011 alta-costura (Foto: Divulgação)

Em 2011, Tisci, já estabelecido como uma potência da alta-costura, apresentou mais uma coleção de tirar o fôlego para o inverno daquele ano, com quase todos os looks em branco total e cobertos por pérolas, plumas e bordados. Foi desta coleção que Tisci e Kim Kardashian tiraram inspiração para o vestido de noiva da socialite, que se casou com Kanye West vestindo Givenchy em 2014, provando a atemporalidade das criações do italiano.

Givenchy - inverno 2011 alta-costura (Foto: Divulgação)Givenchy – inverno 2011 alta-costura (Foto: Divulgação)

Voltando ao prêt-à-porter, 2011 foi o ano em que Tisci lançou a icônica estampa de rottweilers nos desfiles da semana de moda de inverno masculina da casa. Os cachorros depois estamparam peças femininas e até acessórios como bolsas. Nessa época, Riccardo emplacou uma série de estampas que se tornaram desejo imediato entre homens e mulheres.

Givenchy - inverno 2011 masculino (Foto: Getty Images)Givenchy – inverno 2011 masculino (Foto: Getty Images)

Já em seu desfile de verão 2012, Tisci se desvencilhou das estampas e apresentou uma coleção que investia na alfaiataria, reinterpretando o visual surfer de um jeito sofisticado e conteporâneo. O auge? Gisele Bündchen fechando a apresentação – e depois estrelando a campanha da coleção.

Givenchy - verão 2012 (Foto: Getty Images)Givenchy – verão 2012 (Foto: Getty Images)

A coleção de alta-costura de verão 2012 pode ter sido marcada pela beleza das modelos, que exibiam piercings enormes no nariz, mas foram os vestidos – alguns que demoraram mais de 350 horas para serem concluídos – que reforçaram a maestria de Tisci como couturier.

Givenchy - verão 2012 alta-costura (Foto: Imaxtree)Givenchy – verão 2012 alta-costura (Foto: Imaxtree)

Na coleção de inverno 2013 de prêt-à-porter, Riccardo Tisci renovou seu apelo pop com mais uma estampa que se tornou febre absoluta: a de Bambi, que protagonizou um dos looks mais icônicos de sua carreira: o de moletom com saia transparente, que várias famosas usaram na época. 

Givenchy - inverno 2013 (Foto: Imaxtree)Givenchy – inverno 2013 (Foto: Imaxtree)

Comemorando seus dez anos de Givenchy em 2015, a coleção de inverno prêt-à-porter daquele ano exaltou os códigos mais fortes do legado de Riccardo Tisci para a casa: referências católicas, um estilo dark, peças com um capricho único em seus bordados e detalhes e, claro, uma beleza marcante, com toque quase agressivo.

Givenchy - inverno 2015 (Foto: Imaxtree)

Givenchy – inverno 2015 (Foto: Imaxtree)

https://maps.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://maps.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://images.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.in/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://cse.google.co.in/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fclassicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.nl/url?q=http%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html

https://www.google.nl/url?q=https%3A%2F%2Fwww.classicalguitarhall.com/2015/12/asturias-by-isaac-albeniz.html